Polícia argentina cerca Praça de Maio

A polícia federal argentina cercou esta manhã parte da Praça de Maio onde se encontra a casa Rosada, sede do governo. De acordo com informações da própria polícia, centenas de desempregados piqueteiros estão se concentrando nos arredores da Praça de Maio e devem se dirigir até as proximidades da casa Rosada em mais um protesto contra o governo argentino.Leia o especial

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.