Polícia Civil/Divulgação
Polícia Civil/Divulgação

Polícia Civil deflagra operação contra fraudes bancárias em São Paulo

Durante a ação, joias, computadores e carros de luxo foram apreendidos; a quadrilha pode ter movimentado R$ 400 milhões em 18 meses

O Estado de S.Paulo

10 Outubro 2018 | 08h10

A Polícia Civil de São Paulo deflagrou a Operação Ostentação na manha desta quarta-feira, 10, para prender envolvidos em fraudes milionárias contra clientes de instituições bancárias e de crédito, informou a Secretaria da Segurança Pública do Estado. Durante a ação, joias, computadores e carros de luxo foram apreendidos.

Segundo as investigações do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), a quadrilha pode ter movimentado R$ 400 milhões em 18 meses. Mandados de prisão estão sendo cumpridos na zona sul da cidade, em Praia Grande, na Baixada Santista, e em Francisco Morato, na região metropolitana da capital.

Cerca de 40 policiais civis participam da operação, coordenada pela 4ª Delegacia de Investigações de Crimes Cometidos por Meios Eletrônicos (4ª DIG/Deic). O Núcleo de Investigações de Crimes Cibernéticos (Cyber Gaeco), do Ministério Público, participa da ação.

Mais conteúdo sobre:
banco [sistema financeiro]

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.