Polícia Federal confirma prisão de 4 pessoas da Kroll

A Polícia Federal confirmou a prisão de quatro pessoas da Kroll. Essas prisões, segundo a Polícia Federal, ocorreram sob a acusação de formação de quadrilha. Os agentes federais permanecem no 8º e 9º andares da sede da Kroll, recolhendo documentos e computadores.A Polícia Federal informa que a Kroll mantém equipamentos de escuta telefônica. Em princípio a posse desses equipamentos não é ilegal. A operação começou no início da manhã e não tem hora para ser concluída.A Polícia Federal mobilizou 100 agentes, só em São Paulo, para executar a Operação Chacal, que investiga o caso de espionagem produzida pela multinacional Kroll Associates, contratada pela Brasil Telecom, operadora controlada pelo Grupo Opportunity.Durante a tarde, chegaram à Superintendência da Polícia Federal em São Paulo, no bairro da Lapa, malotes contendo documentos apreendidos nas buscas dos agentes da instituição.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.