Polícia reprime protesto de desempregados em Buenos Aires

A polícia de Buenos Aires reprimiu hoje cerca de 300 pessoas que estavam pedindo comida em frente a um supermercado, na província de Buenos Aires. Mulheres e homens começaram a se aglomerar em frente ao supermercado desde o final da manhã para tentar conseguir alimentos. Porém, a polícia chegou com ordens de evitar novos saques, como os que ocorreram em dezembro do ano passado, e dispersou os desempregados com o uso de gás lacrimogêno e de balas de borracha. Os moradores da região voltaram a se reunir, no início da tarde, em frente ao supermercado, enquanto outro grupo se juntava na porta de um outro. Os dois estabelecimentos fecharam suas portas e solicitaram reforço policial. Um deles foi totalmente saqueado no dia 19 de dezembro passado. Outros pontos da província de Buenos Aires e no interior do país também registraram concentração de desempregados e manifestantes em frente a supermercados e outros comércios menores, como açougues, pedindo comida.Leia o especial

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.