Política de Lula pode atrasar 13º salário, diz Força

O possível atraso no pagamento do 13º salário por mais de um terço das micro e pequenas empresas do setor industrial, conforme levantamento feito pela Fiesp, é resultado da "desastrosa política econômica" do governo de Luiz Inácio Lula da Silva. A opinião é do secretário-geral da Força Sindical e representante da entidade no Conselho de Desenvolvimento Econômico e Sindical (CDES), João Carlos Gonçalves, o Juruna."Muitas empresas tiveram grandes dificuldades nos anos anteriores. Mas a situação agora parece ser bem pior e tudo isso é fruto da desastrosa política econômica do governo Lula, com taxas de juros altas e sem incentivo às indústrias", afirmou Juruna.O secretário-geral da Força disse ainda que espera que as empresas "cobrem mais" do governo e questionem a política econômica da União. "Não adianta querer repassar o prejuízo para os trabalhadores. Elas têm de cobrar o governo", opinou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.