Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Política de preços tem se mostrado acertada, declara Petrobrás

Estatal garantiu estabilidade no fluxo de caixa ao optar por não repassar constantes aumentos do petróleo

Kelly Lima, da Agência Estado,

18 de agosto de 2009 | 11h29

O diretor financeiro da Petrobrás, Almir Barbassa, defendeu nesta terça-feira, 18, a política de preços adotada pela empresa como sendo uma estratégia "acertada". Segundo ele, ao optar por não repassar frequentemente as oscilações de preços do barril de petróleo para os principais produtos internos - gasolina e diesel -, a estatal garantiu maior estabilidade em seu fluxo de caixa. "Isso é muito importante para uma empresa que tem o ritmo de investimentos acelerado", afirmou Barbassa.

 

Além de manter o fôlego da empresa para novos investimentos, como disse o executivo, a estabilidade dos preços do diesel e da gasolina também foi lembrada por Barbassa como sendo importante para o País. "Comparativamente a outras companhias internacionais, a empresa (a Petrobrás) não sai perdendo. E o consumidor também sai ganhando no longo prazo porque tem um preço estável. É uma política de preços acertada para a empresa e para o consumidor", disse.

 

No primeiro semestre de 2009, a Petrobrás aumentou seus investimentos em mais de 50% em relação ao mesmo período no ano passado, chegando a R$ 32,5 bilhões. Desse total, a maior parte (45%) foi destinada ao segmento de Exploração e Produção.

Tudo o que sabemos sobre:
PetrobráspreçospolíticaBarbassa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.