Política industrial será anunciada em março, diz Jorge

O ministro de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Miguel Jorge, esteve ontem em São Paulo, num encontro com empresários do setor automobilístico. Ele afirmou que, finalmente, a política industrial será lançada em meados de março, ''''uma semana após a aprovação, pelo Congresso Nacional, do Orçamento Geral da União''''.O texto da política industrial está pronto desde novembro, mas seu lançamento foi atropelado pela votação do fim da CPMF e agora precisa esperar a aprovação do orçamento. ''''Algumas das iniciativas são de desoneração (de tributos) e para isso é preciso saber quanto dinheiro o governo terá.''''A política industrial vai contemplar 25 setores, entre os quais o automotivo. Serão medidas de incentivo à produção, como facilidades e taxas de juros baixas para o financiamento voltado para a ampliação da capacidade produtiva e novas tecnologias.''''O presidente Lula determinou que a política industrial será anunciada uma semana depois da aprovação do orçamento'''', informou o ministro. O setor automotivo opera perto do limite da capacidade produtiva instalada, de 3,5 milhões de carros por ano. A projeção é atingir 3,24 milhões em 2008. ''''O setor precisa se preparar para uma capacidade de 5 milhões de veículos em 2010 e, para isso, terá de ampliar investimentos'''', comentou o ministro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.