Poole, do Fed, acredita que economia dos EUA evitará recessão

Os Estados Unidosdevem evitar um desaquecimento econômico, mas as chances de umarecessão cresceram, disse o presidente do Federal Reserve deSt. Louis, William Poole, na segunda-feira. "Acho que a melhor aposta é a de que não teremos umarecessão", disse ele ao responder perguntas após discursar naseccional de St. Louis da National Association for BusinessEconomics. Poole, no entanto, disse a jornalistas: "Não há dúvida quea probabilidade (da recessão) é mais alta do que costumavaser". O presidente do Fed de St. Louis, que se aposentará emmarço e não participará da próxima reunião do Comitê Federal deMercado Aberto em 18 de março, disse que as metas de taxa dejuros do Fed estão bem posicionadas para acalmar a economiacontra um menor crescimento e turbulências nos mercados. "A política está numa boa posição tanto no que diz respeitoao longo prazo quanto para amenizar os impactos dos distúrbiosfinanceiros com os quais estamos lidando", disse ele. O Fed cortou a taxa de juros em 1,25 ponto percentual, para3 por cento no mês passado para evitar que a economia entrasseem recessão num momento em que os mercados acionáriosregistravam fortes baixas e aumentavam as evidências de que adesaceleração no mercado de moradias e uma crise de créditoafetarão o emprego e os investimentos. Ao mesmo tempo, apesar da desaceleração econômica, ainflação saltou para níveis mais altos do que a zona deconforto de alguns formuladores da política monetária. (Por Joanne Morrison)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.