Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Por enquanto não há decisão sobre poupança, diz Lula

Presidente acredita que aumento de saques deve-se ao consumo de produtos que tiveram redução do IPI

LISANDRA PARAGUASSU, Agencia Estado

08 de maio de 2009 | 10h04

O presidente  Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta sexta-feira, 8,  que não pode dizer nem quando nem como será feita a modificação nas cadernetas de poupança. Segundo ele, a questão está sendo discutida entre o Ministério da Fazenda e o Banco Central, e por enquanto não há nenhuma decisão.

"Quando for decidido alguma coisa, os primeiros a saber serão os poupadores. O que posso garantir é que as pessoas que têm poupança não serão prejudicadas", afirmou o presidente, em entrevista na Base Aérea de Brasília, antes de embarcar para Mato Grosso do Sul, onde participará da viagem inaugural do Trem do Pantanal, com o presidente do Paraguai, Fernando Lugo.

Ao ser questionado sobre se todos os poupadores, incluindo os grandes, seriam contemplados, Lula disse que não existem grandes poupadores. "Os grandes são investidores."

Sobre o aumento dos saques da poupança, pelo segundo mês consecutivo em abril e na terceira vez este ano, o presidente disse que não tinha detalhes. Mesmo assim, acredita que esse aumento dos saques deve-se ao consumo de produtos que tiveram redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), como carros e eletrodomésticos.

Tudo o que sabemos sobre:
poupançaLula

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.