André Dusek/Estadão
André Dusek/Estadão

coluna

Louise Barsi explica como viver de dividendos seguindo o Jeito Barsi de investir

Por Previdência, Temer vai se reunir com presidentes do STF e da Câmara

Convite veio de Cármen Lúcia, que quer incluir discussões dos magistrados, atualmente contra a reforma

Carla Araújo, O Estado de S.Paulo

19 de janeiro de 2018 | 16h23

BRASÍLIA - O presidente Michel Temer deve se reunir com a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia, e com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, possivelmente após seu retorno do Fórum Econômico Mundial, em Davos, para discutir a reforma da Previdência.

+ Temer calcula ter R$ 30 bi para aprovar Previdência

Segundo fontes do Planalto, a proposta da reunião foi feita pela presidente do STF e Temer concordou, mas ainda não há uma data fechada para acontecer. 

A ideia de Cármen Lúcia é incluir nas discussões da reforma a Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB). Os membros do judiciário são contra a reforma.

Temer concordou com a sugestão, mas disse que chamaria também o presidente da Câmara e o relator da reforma da Previdência na Câmara, deputado Arthur Oliveira Maia (PPS-BA). 

Temer quer aproveitar o encontro ainda para reforçar o seu discurso de "harmonia entre poderes".

Michel Temer embarca para o Fórum Econômico Mundial, em Davos, na próxima segunda-feira, 22. O evento começa um dia depois, na terça-feira. Ele deve retornar ao Brasil no fim da semana.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.