Por que o Ibovespa é um termômetro do mercado?

Entenda por que as oscilações do indicador são preocupação constante para o mercado financeiro

Malena Oliveira, O Estado de S. Paulo

03 Fevereiro 2015 | 11h39

Diariamente, o mercado financeiro monitora uma sequência de indicadores que servem como instrumentos para avaliar o estado da economia. Um deles é o índice Ibovespa.

Principal indicador do movimento no mercado de ações brasileiro, o Ibovespa representa a média do desempenho dos papéis mais negociados na Bolsa da Valores, conforme explica o professor Guilherme Macedo, do Instituto Educacional BM&FBovespa. "O índice é uma fotografia da economia do País."

Além do Ibovespa, outros índices também monitoram o desempenho da economia, com recortes específicos. Há indicadores relacionados à indústria, ao comércio, ao setor financeiro, etc., e também aqueles que avaliam critérios específicos nas empresas, como é o caso do índice de sustentabilidade.

Para quem deseja aplicar recursos na Bolsa, os fundos relacionados ao desempenho desses índices são uma opção. É possível reproduzir seu comportamento através dos chamados Exchange Traded Funds (ETFs), que são compostos pela mesma proporção das ações que integram os índices que eles acompanham. "Essas aplicações são mais viáveis para pessoa física e para o microinvestidor, porque têm custo menor", explica o professor.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.