Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90
Divulgação
Divulgação

Porto Seguro anuncia compra de 50% da ConectCar, da Ultrapar, por R$ 165 milhões

Segundo a seguradora, a transação reforça a estratégia de crescimento da companhia, pois potencializa a conexão entre a mobilidade e diversos serviços financeiros

Luísa Laval, O Estado de S.Paulo

25 de junho de 2021 | 18h24

A Porto Seguro anunciou nesta sexta-feira, 25, que assinou contrato de compra de 50% das ações da ConectCar com a Ipiranga, subsidiária da Ultrapar. O valor da operação é de R$ 165 milhões, sujeito a ajuste até a liquidação final da transação.

Segundo a seguradora, a transação reforça a estratégia de crescimento da companhia, pois potencializa a conexão entre a mobilidade e diversos serviços financeiros, permitindo ampliar e modernizar benefícios existentes, além de fortalecer a estratégia de atração de clientes. "É ainda uma oportunidade para a Porto Seguro introduzir a tag aos seus mais de 5 milhões de segurados Auto, que passam a ter mais facilidade no uso diário de seus veículos", afirma em fato relevante.

A ConectCar é uma das principais companhias do mercado no segmento de pagamentos eletrônicos automáticos em pedágios, estacionamentos, drive thrus e outros serviços, por meio de tag. Está presente em 100% das rodovias pedagiadas e em mais de mil estacionamentos por todo o Brasil, como shoppings, aeroportos, hospitais, estádios, universidades, teatros e clubes.

De acordo com a Ultrapar, a venda está alinhada à revisão de portfólio que a empresa vem realizando, com investimentos centrados nas oportunidades existentes na cadeia "downstream" de óleo e gás no Brasil, cujo primeiro passo se deu com o anúncio da venda da Extrafarma em maio de 2021.

A operação precisa ser aprovada pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) e pelo Banco Central (BC).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.