Portos nos EUA já podem reabrir; negociações continuam

O sindicato dos estivadores anunciou um acordo para a reabertura de 29 portos da Costa Oeste dos EUA. O acordo prorroga os atuais contratos coletivos de trabalho por 30 dias, o que permitiria a reabertura dos portos enquanto prosseguem as negociações em torno de um novo contrato. O acordo anunciado hoje foi alcançado em conversações mediadas por representantes do governo dos EUA. Não está claro, porém, se as empresas operadoras dos portos vão aceitar reabrir os portos. As 29 instalações portuárias da Costa Oeste estão paradas desde 29 de setembro, por decisão das próprias empresas. Na ocasião, os empregadores acusaram os estivadores de estarem fazendo "operação tartaruga" para fortalecer sua posição nas negociações salariais, que haviam começado em julho. Uma comissão de inquérito formada ontem pelo presidente George W. Bush disse hoje que o impasse entre as operadoras dos portos e os estivadores provavelmente não sairia logo e recomendou que Bush buscasse uma ordem judicial determinando a reabertura.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.