seu bolso

E-Investidor: O passo a passo para montar uma reserva de emergência

Portuários voltam ao trabalho em Belém e no Rio

Os estivadores dos portos do Rio (RJ) e Belém (PA) retornaram ao trabalho nesta quarta-feira, 15, após paralisação iniciada na terça-feira, 14, contra alguns pontos da MP dos Portos. O presidente da Federação Nacional dos Estivadores, Wilton Ferreira Barreto, classificou a decisão de voltar de "estratégica" e disse que a medida não é definitiva.

JOSÉ ROBERTO CASTRO, Agencia Estado

15 de maio de 2013 | 12h32

Segundo ele, a federação e os sindicatos se reunirão para decidir se adotam novas medidas caso suas reivindicações não sejam atendidas pelo Congresso até o fim da tramitação da MP. "Nós nos reunimos às 5 horas, logo depois da votação do texto base, e decidimos que vamos acompanhar a votação dos destaques e só depois será tomada alguma decisão", disse Barreto.

Dos trabalhadores que entraram em greve na terça-feira, 14, apenas os do Porto de Santos permanecem parados, mas devem voltar ao trabalho às 13 horas. O sindicato de Paranaguá, cujos funcionários também anunciaram o retorno, disse que não há possibilidade de novas paralisações. Segundo a Federação Nacional, atualmente existem cerca de 43 mil estivadores em todo o País.

Tudo o que sabemos sobre:
MP dos PortosgreveBelémRio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.