finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Portugal aprova Orçamento austero para 2014

O Parlamento português aprovou um novo Orçamento austero para o país em 2014, com milhares de manifestantes protestando do lado de fora. O texto foi aprovado com o apoio dos parlamentares da coalizão de centro-direita do governo, que têm 132 das 230 cadeiras.

AE, Agencia Estado

26 de novembro de 2013 | 13h13

Eles superaram a oposição de esquerda, que votou contra o Orçamento que visa poupar 3,9 bilhões de euros (US$ 5,3 bilhões), parcialmente por meio de cortes nos salários do setor público e nas pensões. Fonte: Dow Jones Newswires.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.