Portugal aprovará em breve privatização da Portucel

O governo português aprovará a segunda fase da privatização da produtora de papel e celulose Portucel nas próximas duas semanas, informou José Manuel Durão Barroso, primeiro-ministro de Portugal, em entrevista à TV RTP. Durão Barroso disse que o governo deterá uma participação minoritária na Portucel, porém não forneceu maiores detalhes sobre a venda. Várias empresas expressaram interesse na aquisição de uma participação na Portucel, inclusive a Sonae, Cofina e as companhias brasileiras Suzano e Votorantim.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.