Portugal cortou 1,9% dos gastos de janeiro a abril

O governo federal de Portugal reduziu seus gastos totais nos quatro primeiros meses de 2010 em 1,9%, em comparação com o mesmo período do ano passado. A informação foi divulgada hoje pelo Ministério das Finanças do país.

ÁLVARO CAMPOS, Agencia Estado

20 de maio de 2010 | 18h39

A receita com impostos subiu 2,2% no mesmo período, levando a um redução de 298,1 milhões de euros no déficit do orçamento federal, que ficou em 4,56 bilhões de euros. O valor do déficit exclui os gastos dos governos regionais e locais e com o sistema de segurança social.

A receita com os impostos de valor agregado (VAT, em inglês) subiu 14,8% nos quatro primeiros meses, para 3,7 bilhões de euros, enquanto a receita com os impostos de renda caiu 20,1%, para 2,2 bilhões de euros. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
crisePortugalcortesgastos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.