Portugal recompra bônus e investidores dão sinal de confiança

Portugal recomprou nesta quarta-feira 215 milhões de euros (290 milhões de dólares) em bônus que venceriam em abril e junho, em uma pequena operação vista por analistas como demonstração do grau de confiança do mercado na capacidade do país de resgatar suas dívidas.

REUTERS

16 de fevereiro de 2011 | 09h17

Lisboa havia oferecido resgatar todos os 9,5 bilhões de euros que venceriam nos dois meses, mas a maioria dos investidores preferiu manter os títulos em vez de aceitar o que eles consideraram um retorno relativamente baixo.

"Eu vejo como um voto de confiança do mercado, à medida que investidores estão claramente sem pressa para vender o bônus, ainda que o Tesouro de Portugal tenha dado a oportunidade", comentou Peter Chatwell, estrategista de juro do Credit Agrícole, em Londres.

Portugal vai emitir até 1 bilhão de euros em títulos do Tesouro para 12 meses nesta quarta-feira.

Tudo o que sabemos sobre:
MACROPORTUGALRECOMPRA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.