finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Portugal Telecom e Telefónica se unem

As empresas Portugal Telecom e a Telefónica da Espanha anunciaram ontem a criação de uma joint venture para gerir os ativos das duas empresas no Brasil, formando a maior empresa de telefonia móvel do País. Dessa forma, a Telefônica do Brasil e a Portugal Telecom passam a gerir ativos no total de US$ 10 bilhões e 9,3 milhões de clientes. Além dessa união, a empresa portuguesa assumiu, nas semana passada, o compromisso de comprar a Global Telecom. Para se ter uma idéia do conglomerado que foi criado, vale lembrar que a Telesp Celular também está sob o controle da Portugal Telecom e Telefônica tem o controle das operadoras TeleSudeste Celular (Rio e Espírito Santo) e Teleleste Celular (Bahia e Sergipe). Há ainda a participação conjunta na operadora gaúcha CRT Celular. Na Teleleste Celular, a Telefônica é sócia minoritária da espanhola Iberdrola, de energia. Mas já há conversações em curso sobre a eventual compra da participação da Iberdrola, assim que as regras da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) permitirem esse tipo de movimento.O presidente da Telefónica, César Alierta, afirmou que no momento em que a telefonia celular inaugura uma nova fase no Brasil, nossa empresa e a Portugal Telecom dividem a mesma visão de mercado com o objetivo de se tornar o líder indiscutível do setor no Brasil. Francisco Murteira Nabo, presidente da Portugal Telecom, afirmou que o acordo "é o passo mais importante que já se deu no mercado brasileiro."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.