Pós-venda profissional é importante para não deixar o seu negócio parar
Conteúdo Patrocinado

Pós-venda profissional é importante para não deixar o seu negócio parar

A Linha de Utilitários Leves Jumpy, da Citroën, é opção de melhor custo-benefício para empreendedores

Citroën, Media Lab Estadão
Conteúdo de responsabilidade do anunciante

18 de dezembro de 2020 | 18h07

A linha de utilitários Jumpy, da Citroën, oferece o melhor custo por quilômetro rodado da categoria. Esse dado é fundamental para os clientes profissionais, que utilizam os veículos diariamente como ferramenta de trabalho em suas atividades comerciais.

O cálculo do custo por quilômetro rodado leva em conta o valor da aquisição do veículo mais os custos de operação e de manutenção. Um aspecto que a linha de utilitários Jumpy se destaca é a economia de combustível firmada pelo motor 1.6 turbo diesel, o modelo percorre 1.000 km com um tanque.

Outro dado essencial nessa equação são os custos de manutenção. Os clientes da Citroën contam com uma série de vantagens que, somadas, fazem muita diferença para o bolso.

Em casos de manutenção programada, as concessionárias têm o compromisso de finalizar o trabalho no mesmo dia se o cliente entregar o carro até as 9h (seguindo os critérios descritos no site). “Caso haja descumprimento desse compromisso, a manutenção seguinte é gratuita”, ressalta a gerente de Vendas Corporativas da Citroën, Maria Simões, em Live realizada pelo Jornal do Carro.

Pensando em garantir a mobilidade do cliente, no caso de o veículo precisar mais de quatro dias em nossa rede para reparo, é providenciado um veículo de passeio reserva. Importante lembrar que, mesmo fora de garantia, se a causa do problema técnico for de responsabilidade da montadora, esse benefício também é concedido, pois o foco da montadora sempre é o cliente.  

Versatilidade e conforto

Todas as concessionárias Citroën estão habilitadas a vender os utilitários da marca, realizar manutenções e prestar orientações especializadas. Aquelas que fazem parte da Rede Citroën PRO, oferecem serviços adicionais.

No que diz respeito à manutenção, a Rede Citroën PRO dispõe de equipamentos especialmente preparados para os utilitários, como elevadores com capacidade para até quatro toneladas. “A proposta é cobrir toda a jornada do cliente, desde a compra até as manutenções. Ele encontra tudo o que precisa num só lugar, sem perda de tempo”, descreve Maria.

Ali, o cliente também faz o test-drive no utilitário Jumpy e encontra veículos disponíveis para serem faturados na hora, uma alternativa importante para quem está precisando com urgência de um reforço para as entregas ou qualquer outra atividade dos diversos usos do modelo, já reconhecido pela versatilidade.

O Jumpy também chama a atenção pelo conforto que proporciona ao motorista. Dispõe de recursos como suspensão independente na traseira, controle de estabilidade, piloto automático e indicador de fadiga, que alerta sobre a necessidade de uma parada após duas horas de movimento permanente. É também um campeão em sustentabilidade: apresenta o menor nível de emissão de CO2 do país em sua categoria. Além de ter três anos de garantia.

Investimento que dá retorno

Graças às tecnologias de última geração, as manutenções da linha de utilitários Jumpy são feitas a cada 20 mil km, contra um espaçamento de 15 mil km dos concorrentes. “Isso significa uma manutenção a menos a cada 60 mil km, por exemplo. Menos tempo parado, mais tempo contribuindo para a renda do negócio”, lembra Levi Condutta, instrutor técnico e de pós-vendas da Citroën. Quem tem frota com vários carros vê esses benefícios se multiplicarem.

Outro diferencial que a linha de utilitários Jumpy oferece é o alto preço de revenda, atestado por revistas especializadas. “É um veículo que pode até ser considerado um investimento. O empreendedor o põe para trabalhar, fatura e depois o revende com um bom preço”, diz o vice-presidente da Associação Brasileira dos Concessionários Citroën (Abracit), Fernando Toffol.

Cinco vezes premiada pela imprensa especializada do Brasil e com vendas crescendo mês a mês no país, a linha de utilitários Jumpy é composta atualmente por cinco modelos. O furgão original, com 13 m3 de volume útil, lançado em 2017, ganhou recentemente a versão Vitré, com janelas laterais de vidro. Há também a versão Minibus, com 11 lugares.

Saiba mais sobre a frota conectada, os parceiros que carregam a confiança da Citroën para fazer a transformação do seu utilitário e outros produtos no site: www.citroen.com.br



 

Tudo o que sabemos sobre:
mobilidade urbana

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.