Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Positivo atinge 14% de participação no mercado total de PCs

Dados sobre o 2º trimestre apontam participação de 16,2% no segmento de desktops e de 11,3% em notebooks

Agência Estado,

23 de agosto de 2010 | 08h32

A Positivo Informática está com 14% de participação de mercado (market share) em computadores pessoais no Brasil, de acordo com informações da empresa referentes ao segundo trimestre de 2010. A participação em desktops é de 16,2%, aumento de 1,6 ponto porcentual sobre o segundo trimestre de 2009. Em notebooks, a fatia alcança 11,3% - nesse caso, o comunicado não traz dados comparativos.

Ainda conforme os dados da pesquisa Brazil Quartely PC Tracker 2Q 2010, da consultoria IDC, o mercado total inclui as vendas no chamado "mercado cinza", que atualmente responde por 26,8% das vendas no Brasil. Já no mercado chamado oficial, a participação da Positivo chega a 19,1% no segundo trimestre, ao passo que em desktops a fatia é de 29,6% (crescimento de 1,4 ponto porcentual ante o segundo trimestre de 2009) e em notebooks, 12,0%. No período, a companhia ocupou o 9º lugar no ranking mundial de vendas de desktops.

No Brasil, a fabricante está na primeira posição em unidades de venda há 23 trimestres consecutivos no varejo, conforme o comunicado. Nesse segmento, a participação de mercado no segundo trimestre ficou em 21,9%.

No mercado nacional de governo e educação, a carteira contratada da Positivo Informática para 2010 é de cerca de 350 mil unidades e nesse segmento a companhia afirma ter participação de 41,6%. "A empresa vem mantendo sua liderança nesse mercado há 15 trimestres consecutivos, refletindo os grandes leilões realizados no País vencidos pela Positivo Informática nos últimos anos", diz, em nota. Já no mercado corporativo, a Positivo tem participação de 1,6% no período, redução de 0,5 ponto porcentual em relação ao primeiro trimestre deste ano.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.