'Poucos sabem desses imóveis com desconto'

O empresário Luiz Turano, ex-sócio da imobiliária Patrimóvel, lançou neste ano uma empresa para anunciar apartamentos novos com desconto, a PromoImóvel. É uma espécie de outlet de apartamentos e casas para vender o chamado estoque das construtoras - imóveis de empreendimentos já prontos, mas que as incorporadoras ainda não venderam. Entre os anunciantes estão Cyrela e Gafisa, que oferecem descontos de até 30%. Hoje o site anuncia imóveis no Rio de Janeiro e em São Paulo. Em 2012, terá também Brasília e Belo Horizonte. A meta é faturar R$ 2 milhões em 12 meses.

O Estado de S.Paulo

28 de novembro de 2011 | 03h06

Por que você criou uma empresa para vender estoque?

Isso me chamou a atenção quando comprei meu apartamento. Era um imóvel da Gafisa, pronto e vazio há quatro anos, e tinha um desconto de R$ 150 mil, quase 30% do valor. E ninguém sabia. As empresas não fazem marketing para vender o estoque e os corretores concentram seus esforços nos lançamentos. Essa oferta não chega ao cliente.

Isso gera custos para a empresa?

Sim. A incorporadora precisa pagar condomínio, IPTU e manter a limpeza. Para um apartamento de R$ 500 mil, o gasto aproximado é de R$ 1,5 mil por mês.

Por que não foram vendidos?

São imóveis menos nobres nos lançamentos. É o apartamento em andar baixo ou com sol da tarde. Mas não são ruins. São oportunidades para obter descontos.

A desaceleração das vendas de imóveis favorece o negócio?

No curto prazo, sim. No mercado de alto padrão, as vendas desaceleraram e isso tende a gerar estoque. Mas, no longo prazo, se a desaceleração provocar retração nos lançamentos, o estoque deve encolher.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.