Poupança perde recursos pela primeira vez desde 2006

Em abril, saques somaram R$ 105,714 bi e superaram o total de depósitos, que atingiram R$ 103,866 bi

FERNANDO NAKAGAWA, Agencia Estado

08 de maio de 2008 | 11h40

As cadernetas de poupança encerraram abril com queda no volume depositado. Essa é a primeira vez, desde agosto de 2006, que os saques das cadernetas superaram os depósitos. Segundo o Banco Central (BC), a poupança teve no mês passado saída líquida de R$ 1,848 bilhão, o que levou o total da poupança para R$ 242,040 bilhões. Em março, a captação havia sido positiva em R$ 1,084 bilhão e, em abril de 2007, houve ingresso líquido de R$ 2,046 bilhões.Os dados do BC mostram que os saques somaram R$ 105,714 bilhões no mês passado. O valor é superior ao total dos depósitos, que atingiram R$ 103,866 bilhões. Durante o mês, houve ainda rendimento de R$ 1,297 bilhão dos depósitos já existentes.Ao todo, o mês de abril teve sete dias com captação positiva e 14 dias em que os saques superaram os depósitos. Os dados englobam o conjunto das cadernetas do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE) e das poupanças rurais. Apesar de os saques terem prevalecido no mês passado, a poupança ainda tem resultado positivo no acumulado do quadrimestre. De janeiro a abril deste ano, a captação líquida está positiva em R$ 1,808 bilhão.

Tudo o que sabemos sobre:
cadernetas de poupançaBC

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.