Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

PPS discutirá na 2ªf com a Anatel fusão da Oi com a BrT

O presidente do PPS, Roberto Freire, e o vice-líder do partido na Câmara, deputado Arnaldo Jardim (PPS-SP), se reúnem na segunda feira, às 15h30, com o presidente da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), Ronaldo Sardenberg, para discutir a eventual fusão da Oi (ex-Telemar) com a Brasil Telecom (BrT). Jardim questiona o apoio do governo ao negócio e o financiamento que o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) deverá conceder aos controladores da Oi para a compra da BrT."A fusão da Oi com a BrT é caso extremamente nebuloso", afirma o deputado, em nota publicada na página do partido na internet, na qual é informada a data da reunião. Segundo ele, o negócio está sendo tratado nos bastidores e tem mobilizado "grandes interesses econômicos, ministros, ex-ministros e até familiares do presidente Lula". A Telemar investiu R$ 5 milhões na Gamecorp, empresa de Fábio Luiz da Silva, filho do presidente Luiz Inácio Lula da Silva."O PPS vai acompanhar de perto o assunto porque não se trata simplesmente de um negócio ou de arranjo empresarial, mas de uma decisão da maior relevância num setor estratégico para o desenvolvimento do País e chave para garantir plena cidadania, que é o acesso às telecomunicações", afirmou Jardim na nota.O deputado quer saber da Anatel que providências a agência tomará para preservar os interesses dos clientes das duas empresas caso seja confirmada a fusão. "Precisamos de uma forte ação de regulação sob o risco do interesse do mercado acabar prevalecendo sobre o público", afirma Jardim.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.