coluna

Louise Barsi explica como viver de dividendos seguindo o Jeito Barsi de investir

Praga se espalhou para Califórnia, Texas e Arizona

A Flórida não está mais sozinha na batalha contra o greening. A praga se espalhou para a Califórnia, o Texas e o Arizona, onde as autoridades observam os acontecimentos na Flórida. Esses Estados se uniram na luta para acelerar a pesquisa.

O Estado de S.Paulo

11 de maio de 2013 | 02h07

"O que preocupa é o fato de uma solução demorar ainda de três a cinco anos", disse Mark Wheeler, produtor e diretor financeiro da Wheeler Farms, proprietário de mil hectares. "Neste momento, nos encontramos numa situação em que é preciso cuidar das plantações 24 horas por dia, sete dias por semana." Segundo ele, alguns produtores perderão de 30 a 40% do que costumam colher por ano.

Os pesquisadores trabalham seguindo várias linhas, entre elas impedir o ciclo reprodutivo do inseto ou sua capacidade de transmitir a doença, e o desenvolvimento de plantas resistentes. Mas, ao mesmo tempo, eles assessoram os produtores nas opções disponíveis a curto prazo.

Na Flórida, os produtores tiveram de modificar o sistema de cultivo das laranjeiras e das toronjeiras, o que dobrou seus custos nestes últimos dez anos.

As mudas de laranjeiras agora precisam ser plantadas em estufas antes de ser transplantadas. A maioria dos produtores pulveriza os pomares com um coquetel mais potente de nutrientes e mais frequentemente também de inseticidas, o que tem ajudado a frear o avanço da doença.

Inicialmente, eles tentaram derrubar inúmeras árvores adultas e em plena produção, na esperança de erradicar a doença. Mas não deu certo porque os psilídeos voavam aos pomares vizinhos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.