Prazo de entrega de proposta pela TAP vai até dia 5

Os grupos controladores das empresas brasileiras Azul e Avianca terão até o dia 5 de junho para entregar suas propostas finais para a compra de 61% da portuguesa TAP. A informação foi publicada ontem no Diário da República de Portugal.

O Estado de S.Paulo

29 Maio 2015 | 02h03

Na semana passada, o governo português, maior acionista da TAP, decidiu avançar para uma fase de negociações diretas com dois dos três candidatos iniciais à privatização da companhia, escolhendo a holding DGN, do americano naturalizado brasileiro David Neeleman, e o grupo de Germán Efromovich, dono da latino-americana Avianca.

A TAP tem patrimônio líquido negativo de cerca de 500 milhões e precisa de uma injeção de capital. Segundo a imprensa portuguesa, Neeleman propôs um aumento de capital entre 300 milhões e 350 milhões. Além disso, a compra de 53 aviões de longo curso, ainda não encomendados, e um reforço de ligações da TAP dentro do Brasil. Já Efromovich, teria proposto uma injeção de capital de 250 milhões e o acréscimo de 38 aviões ao grupo TAP, além da renovação da frota da PGA, subsidiária de aviação regional da TAP. / REUTERS

Mais conteúdo sobre:
O Estado de S. Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.