Prazo médio da dívida pública brasileira é de 3,5 anos

O prazo médio da Dívida Pública Federal (DPF) do Brasil fechou 2009 em 3,53 anos, de acordo com dados divulgados hoje pelo Tesouro Nacional. O resultado ficou dentro da banda de 3,4 a 3,7 anos definida no Plano Anual de Financiamento (PAF) de 2009. Em novembro do ano passado, a DPF registrava prazo médio de 3,54 anos e, em dezembro de 2008, de 3,50 anos. Para 2010, o governo definiu no PAF que este indicador ficará no mínimo em 3,4 anos e no máximo em 3,7 anos, repetindo a banda de 2009.

ADRIANA FERNANDES E FABIO GRANER, Agencia Estado

26 Janeiro 2010 | 10h21

Segundo o Tesouro Nacional, a Dívida Pública Mobiliária Federal interna (DPMFi) fechou dezembro de 2009 com prazo médio de 3,37 anos, mesmo nível de novembro de 2009 e acima dos 3,28 anos verificados em dezembro de 2008. Já a Dívida Pública Federal Externa (DPFe) encerrou 2009 com prazo médio de 5,90 anos, acima dos 5,87 anos de novembro do mesmo ano e também acima dos 5,63 anos do fechamento de 2008.

A parcela a vencer em até 12 meses da DPF fechou 2009 em 23,63%, abaixo do piso da meta do PAF do ano passado, que ia de 25% a 29% da dívida. Como trata-se de um indicador que quanto mais baixo o nível, melhor - já que mostra que há menor risco de refinanciamento da dívida brasileira - o descumprimento da meta em 2009 não pode ser visto como uma notícia negativa. Em novembro daquele ano, a parcela a vencer em 12 meses representava 24,58% da DPF. Para 2010, o PAF prevê que este indicador deverá ficar no mínimo em 24% e no máximo em 28% da DPF.

A parcela a vencer em até 12 meses da Dívida Pública Mobiliária Federal interna (DPMFi) fechou 2009 em 24,81% do total, ante 25,87% em novembro do mesmo ano. No caso da Dívida Pública Federal externa (DPFe), o indicador encerrou o ano passado em 6,91% do total, ante 6,99% em novembro de 2009.

Mais conteúdo sobre:
dívida pública prazo Tesouro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.