bolsa

E-Investidor: Itaúsa, Petrobras e Via Varejo são as ações queridinhas do brasileiro

Prazo médio das operações de crédito chega a 612 dias

O chefe do departamento econômico do Banco Central, Túlio Maciel, destacou o aumento do volume de dias do prazo médio nas operações de crédito para pessoa física. De acordo com o Banco Central, o total de 612 dias corridos, como média, é recorde para o mês. "Isso tem ocorrido nos últimos meses com participação maior do crédito imobiliário no conjunto das concessões", disse.

CÉLIA FROUFE E EDUARDO CUCOLO, Agencia Estado

30 de agosto de 2012 | 13h21

Maciel comentou ainda sobre a mudança de mix observada nessa composição. Enquanto houve um aumento de 329 do número de dias no crédito imobiliário no acumulado de 12 meses, o total atribuído a aquisição de veículos caiu 53 dias. "São quase dois meses a menos", considerou o chefe de departamento.

Ele salientou que esse movimento mostra um conservadorismo maior em termos de prazo para veículos. "O crédito de automóvel está crescendo e crescendo bem, influenciado pelo IPI e com qualidade bem melhor do que tínhamos em 2010. A parcela está menor e o prazo mais curto em relação àquele período", comparou. "A efetividade das medidas está bem traduzida nas estatísticas de crédito", continuou.

Já a média diária das concessões de veículos recuou 10,5% em julho na comparação com o mês anterior, passando para R$ 381 milhões. "A média diária recuou em relação ao mês passado, mas ainda está forte ante os cinco primeiros meses do ano", disse. Ele lembrou que julho teve dois dias úteis a mais do que em junho. "Não é pouca coisa."

Tudo o que sabemos sobre:
bccréditoprazos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.