Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Prazo para migrar para BB vai até 4ª feira

O prazo para o investimento dos recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) em fundos do Banco do Brasil foi prorrogado para o dia 29. A nova data-limite vale também para a aplicação com recursos próprios em fundos e a compra direta de papéis em oferta pública. O prazo final para transferir recursos dos fundos Petrobrás e Vale do Rio Doce para os fundos BB é quarta-feira. O investidor que vai aplicar nas ações ordinárias do BB precisa respeitar o limite máximo de 50% do saldo total do FGTS permitido para a operação. Nesse limite, devem ser consideradas também as aplicações anteriores. Por exemplo, se 20% do saldo estiver aplicado em Petrobrás e outros 10% em Vale, sobra apenas 20% do saldo atual a ser destinado ao Banco do Brasil. No cálculo, deve-se deixar de lado a rentabilidade das aplicações e considerar a correção do FGTS, 3% ao ano mais Taxa Referencial (TR). Descontando os valores já aplicados, corrigidos por esses fatores, da metade do saldo do último extrato do FGTS, chega-se ao limite disponível para investir no BB. O trabalhador que pretende transferir recursos de fundos Petro ou Vale, ou de ambos, ao BB deve usar os fundos de migração. Os produtos são oferecidos pelo Banco do Brasil, Itaú, Fator e ABN AMRO. Analistas avaliam que a aplicação no Banco do Brasil oferece mais risco que a permanência em Vale ou Petrobrás. Mas, como esses dois investimentos podem apresentar boa rentabilidade, convém distribuir o capital entre diversas aplicações para diluir também o risco de perdas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.