Preço da cesta básica cai 1,17% em SP, revela Procon

O preço da cesta básica teve queda de 1,17% na cidade de São Paulo no período de 23 a 29 de maio, segundo a Fundação Procon-SP. Em relação a abril deste ano, o resultado mensal fechou em queda de 0,36%. Na comparação anual, entre maio de 2014 e igual período de 2013, houve valorização de 6,24%.

RENATO GHELFI, ESPECIAL PARA A AE, Agencia Estado

29 de maio de 2014 | 16h57

O preço médio da cesta básica, que no dia 22 era de R$ 412,90, passou para R$ 408,06 nesta quinta-feira. Entre os grupos estudados, higiene pessoal foi o que apresentou maior baixa, de 4,83%. Alimentação e limpeza também tiveram queda, de 0,84% e 0,71% respectivamente.

Dos 31 produtos analisados, 21 apresentaram baixa nos preços, 7 tiveram alta e 3 permaneceram estáveis, de acordo com a pesquisa diária realizada pelo Procon-SP em convênio com o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). As maiores quedas constatadas foram do pacote de quatro unidades do papel higiênico fino branco (-10,18%), do tubo de 90g de creme dental (-7,69%) e do quilo do alho (-5,16%).

Entre os produtos que apresentaram elevação no preço, se destacam o quilo da salsicha avulsa (5,85%), a unidade do sabão em barra (2,20%) e o pacote de um quilo do feijão carioquinha (1,56%).

Os produtos que mais pressionaram a queda no período, considerando os respectivos pesos na cesta, foram o pacote de quatro unidades do papel higiênico fino branco (-0,28%), o quilo da carne de segunda sem osso (-0,24%) e o pacote de um quilo do sabão em pó (-0,15%).

Tudo o que sabemos sobre:
Proconcesta básicaSP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.