Preço da cesta básica continua em alta em SP

A cesta básica do paulistano, pesquisada pelo Procon-Dieese, teve ontem alta de 1,08% e atingiu o maior valor desde o dia 1º de novembro, quando custava R$ 139,85. Seu preço médio, que era de R$ 139,27 no dia 18, passou para R$ 139,76 ontem.O levantamento de preços da cesta é feito em 70 supermercados nas cinco regiões da cidade. Dos 68 itens pesquisados, 29 subiram,19 baixaram de preço e 20 permaneceram estáveis. Em dezembro, com as festas de fim de ano e o pagamento do 13º salário, a cesta costuma ter reajustes freqüentes. Entre os produtos cotados, os que apresentaram maior reajuste nos preços foram a salsicha avulsa (24%), o feijão carioquinha (22%) e a carne de 1.ª (22%).No mês, a cesta está com alta de 0,83% e no ano de 0,55%. A variação acumulada desde o início do Plano Real é de 31,35%. No reajuste diário, a maior alta foi dos produtos de limpeza, com aumento de 2,22%, seguido pelo grupo alimentação, que subiu 1,13%. Os produtos de higiene pessoal caíram 0,50%.

Agencia Estado,

20 de dezembro de 2000 | 18h12

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.