Preço da gasolina pode cair em abril

A partir de abril de 2001, entra em vigor um mecanismo para ajustar o preço dos combustíveis no mercado interno a cada três meses. Dessa forma, o aumento ou a redução dos preços dependerá das oscilações na cotação do petróleo e na taxa de câmbio. De acordo com o secretário-executivo do Ministério da Fazenda, Amaury Bier, o governo terá prerrogativa de decidir para quais derivados vai estabelecer o ajuste.Pelos cálculos do governo, se o preço médio do barril do produto ficar abaixo de US$ 27,50 e a taxa de câmbio for de R$ 2,00 por dólar americano, haverá redução no preço da gasolina. Isso porque, com esses índices será possível fazer com que a Parcela de Preço Específica (PPE) - fundo formado para quitar o débito do Tesouro com a Petrobrás - volte a ficar positiva. Em novembro, quando foi anunciado aumento para os combustíveis, a PPE estava com um saldo negativo de R$ 600 milhões.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.