Preço das ações da Petrobras sai amanhã

O preço de venda das ações da Petrobras será definido amanhã, mas somente a partir do dia 17 os optantes do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) que aderiram a fundos de ações da estatal ficarão sabendo quantas cotas compraram.Até quinta-feira, pela Circular n.º 194, a Caixa Econômica Federal deverá providenciar o bloqueio dos saldos relativos às aquisições feitas até hoje e também o reprocessamento dos pedidos devolvidos por divergências entre os dados enviados pelas administradoras e o cadastro do FGTS. Os valores bloqueados para a compra das ações ficarão indisponíveis até a data de liquidação da aquisição, no dia 17. Até lá, continuarão recebendo a remuneração paga pelo FGTS, correspondente à variação da TR mais 3% de juros ao ano, de forma a preservar a atualização do valor das contas. Até o dia 16, as administradoras dos fundos mútuos de privatização (FMP-FGTS) e a Caixa Econômica Federal deverão informar o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) sobre os valores bloqueados no FGTS. O débito na conta do optante e a transferência dos recursos para a administradora ocorrerá apenas no dia 17.O número de cotas de cada optante será calculado pelo preço de venda do governo, a ser definido amanhã, sem o desconto de 20%. Portanto, o abatimento de 20% no preço da ação não significa que o optante adquirirá maior número de cotas. O cálculo da quantidade de cotas do optante será feito após a liquidação da compra dos papéis, no dia 17.Como, matematicamente, a um desconto de 20% corresponde a um acréscimo de 25%, esse porcentual será aplicado sobre o valor inicial da cota do fundo, como repasse do desconto de 20% do governo ao cotista. Assim, no dia seguinte ao da liquidação financeira, a cota do fundo terá uma valorização de 25%. Vale lembrar que só terá direito ao desconto de 20% quem ficar com o dinheiro investido pelo prazo de um ano. Além disso, essa rentabilidade de 25% em um dia é atraente, mas de nada adiantará se, ao final de um ano, quando o investidor irá avaliar seu investimento, o valor da ação tiver caído e, por isso, perdido essa rentabilidade conseguida em um dia.Extratos serão emitidos a partir do dia 18Os extratos com a quantidade de cotas deverão começar a ser enviados aos optantes a partir do dia 18. Todos os participantes dos fundos receberão os extratos até o fim do mês. Pela regulamentação da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), os extratos deverão ser enviados bimestralmente pelas instituições financeiras até 15 dias após o fim do bimestre, com as seguintes informações: a quantidade de cotas possuídas e seu valor; a rentabilidade obtida no bimestre anterior; o valor e a composição da carteira; o valor de cada aplicação e seu porcentual sobre o total dos recursos.Adesão está abaixo das expectativasSegundos os analistas do mercado, a compra de ações da Petrobras com recursos próprios ou parte do saldo do FGTS está bem abaixo da expectativa. Os principais motivos seriam o desconhecimento da operação e o receio de aplicar em renda variável. Para eles, o governo demorou para divulgar a operação. Além disso, por conta até mesmo dos últimos vazamentos ocorridos em refinarias da Petrobras, há o temor pelo optante de que os papéis da estatal venham a se desvalorizar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.