finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Preço de energia no mercado atacadista volta a subir

Após cinco semanas em queda, os preços de referência de energia elétrica no mercado atacadista voltaram a registrar alta em todos os quatro sub-mercados. Segundo dados da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), na região Sudeste/Centro-Oeste o MWh subiu para R$ 34,01 para os negócios a serem liquidados na semana que vem, o que representa aumento de 20,47% em relação ao patamar atual. Na região Sul, o aumento ficou em 24,61%, indo para R$ 33,88, enquanto nas regiões Norte e Nordeste o MWh foi cotado a R$ 41,67, com aumento de 10,59%. Apesar da alta, os preços atuais estão bem abaixo do registrado há um ano, quando o MWh no Sudeste estava cotado a R$ 97,68.ReservatóriosPelos dados do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), os reservatórios das grandes hidrelétricas continuam em situação confortável. Na região Sudeste/Centro-Oeste, a ocupação está em torno de 76,4% da capacidade máxima, o que indica uma folga de 47 pontos em relação à curva de aversão ao risco. A estimativa do ONS é que as hidrelétricas do Sudeste encerrarão o período seco, em novembro, com ocupação de 55% dos reservatórios. Ou seja, o sistema poderá perder até 10 pontos mensais no volume armazenado nos próximos dois meses que a meta do ONS será alcançada.Na região Sul, a situação é ainda mais tranqüila, com os reservatórios estando em 74,3% da capacidade máxima de armazenamento, com folga de 61,4 pontos em relação à curva de aversão ao risco. No Nordeste, os reservatórios estão em torno de 69,7% da capacidade máxima (42,8 pontos de folga).

ALAOR BARBOSA, Agencia Estado

17 de agosto de 2007 | 18h19

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.