DANIEL TEIXEIRA/ESTADÃO
DANIEL TEIXEIRA/ESTADÃO

Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Preço de imóveis sobe abaixo da inflação pelo sétimo mês seguido

A prévia da inflação oficial do país acelerou a alta a 0,60% em maio, enquanto o preço médio do metro quadrado avançou apenas 0,16%

Reuters

03 de junho de 2015 | 12h26

RIO - O preço médio do metro quadrado de apartamentos prontos anunciados em 20 cidades brasileiras teve alta de 0,16% em maio em relação a abril, resultado abaixo da inflação pelo sétimo mês seguido, de acordo com o índice FipeZap Ampliado divulgado nesta quarta-feira, 3.

Em relação a maio de 2014, o aumento foi de 4,91%. O IPCA-15, a prévia da inflação oficial do país, acelerou a alta a 0,60% em maio, acumulando 8,24% em 12 meses.

Entre as cidades pesquisadas, o Rio de Janeiro teve queda de 0,11% no preço médio na comparação mensal, ante alta de 0,04% no mês anterior. Em São Paulo, houve aumento mensal de 0,17%.

Os maiores avanços foram registrados em Florianópolis (+1,76%), Vitória (+0,8%) e Contagem (+0,72%). Além do Rio, também tiveram queda Brasília (-0,04%), São Bernardo do Campo (-0,05%), Niterói (-0,22%) e Campinas (0,65%).

O preço médio do metro quadrado nas 20 cidades pesquisadas foi de R$ 7.599. No Rio de Janeiro, o valor continua sendo o mais alto do país, de R$ 10.642, seguido por São Paulo (R$ 8.585). Contagem (R$ 3.541) e Goiânia (R$ 4.161) registraram os valores mais baixos.

No ano, todas as 20 cidades que compõem o Índice tiveram altas menores do que a inflação, sendo que Niterói, Brasília e Curitiba apresentaram queda nominal nesse mesmo período.

(Por Juliana Schincariol)

Tudo o que sabemos sobre:
economiaimóveisinflação

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.