finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Preço de produtos à venda na internet cai 2,52% no mês

Telefonia registrou a maior queda, com deflação de 5,84%, seguida por Eletroeletrônico, com 5,16%

Amanda Valeri, da Agência Estado,

17 de julho de 2007 | 15h50

Os preços dos produtos vendidos pela internet caíram e registraram deflação de 2,52% em julho, maior queda registrada desde março de 2007. É o que mostra o índice e-Flation, desenvolvido pelo Programa de Administração do Varejo (Provar) da Fundação Instituto de Administração (FIA), em parceria com a consultoria Canal Varejo.Segundo o levantamento, a categoria Telefonia registrou a maior queda, com deflação de 5,84%, seguida pela categoria Eletroeletrônico, com recuo de 5,16%. O indicador mostrou também queda nos preços nos setores Linha Branca (-2,37%), Perfumaria (-2,25%) e Viagem e Turismo (-1,74%).Por outro lado, a categoria CDs e DVDs apresentou elevação de 5,37% nos preços no mês de julho, a maior alta do ano. Já os setores Livros e Brinquedos também registraram inflação: 3,33% e 0,45%, respectivamente. A cesta composta apenas por Automóveis, segundo a pesquisa, continua com os preços em alta, registrando inflação de 0,23% no período.Segundo o coordenador geral do Provar/FIA, professor Claudio Felisoni de Angelo, com a atualização da metodologia e a análise dos dados, nos últimos sete meses o índice acumula 3,34% de inflação.

Tudo o que sabemos sobre:
InternetInflação

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.