Preço do barril do petróleo dispara e chega a US$ 53

Depois de iniciar o dia cotado a US$ 52,53, o contrato de petróleo negociado no mercado futuro da bolsa de Nova York (Nymex) com vencimento para novembro bateu em US$ 53,00 às 11h05 (horário de Brasília). Em Londres, especialistas já comentam a possibilidade do petróleo brent chegar a US$ 50,00 o barril.O petróleo mais uma vez iniciou o dia rompendo níveis nunca atingidos, num movimento gerado pelo desconforto dos investidores com os níveis das reservas de petróleo e de destilados nos EUA às vésperas do inverno no Hemisfério Norte. A volta da tensão na Nigéria, com as declarações ontem do líder que representa o grupo separatista do delta do Niger, exacerbou as preocupações e foi um dos principais responsáveis pela escalada a novas máximas do petróleo cru e brent.Os investidores também não têm gostado também dos dados divulgados diariamente pelo Serviço de Administração de Minerais do governo dos EUA. Os relatos têm mostrado que, há cerca de uma semana, mais de 28% da produção diária de petróleo e de 14% da produção de gás natural segue interrompida nas refinarias da costa norte-americana do Golfo do México. Isso, depois de três semanas após a passagem do furacão Ivan.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.