Preço do gás industrial sobe 5,9%

A Petrobras anunciou na noite desta sexta-feira um reajuste de preços do gás liqüefeito de petróleo (GLP) para uso industrial e comercial. O aumento será de 5,9% e vale a partir de segunda-feira. "Este reajuste visa alinhar os preços do GLP para uso industrial e comercial aos de mercado, de forma progressiva e integral, ao longo dos próximos 30 dias", diz o comunicado da estatal.Segundo a empresa, o preço do GLP acumula "uma defasagem significativa em relação aos valores vigentes no mercado, quando consideradas as principais fontes de suprimento ao País". Além disso, uma parcela desse mercado é atendida por importações.A Petrobras também informa que, em atendimento à exigência da Agência Nacional do Petróleo (ANP), continua cobrando os preços determinados para a venda do GLP destinado ao mercado residencial. "Desde então, o preço do GLP de uso residencial não sofreu nenhum reajuste."O preço médio nacional do gás de cozinha registrou queda de 10,93% nos últimos 30 dias, segundo pesquisa realizada pela ANP em dois mil pontos de revenda do País. De acordo com dados divulgados hoje pela agência, o preço do combustível passou de R$ 26,08 na semana de 04/08 a 10/08 para R$ 23,23 nesta semana, de 15/09 a 21/09. A queda do preço do GLP ao consumidor é conseqüência da redução de 12,4% nos preços nas refinarias, segundo determinação da ANP à Petrobras no último dia 19 de agosto.Segundo a ANP, além disso também contribuíram para queda do preço final do GLP as reduções nas margens brutas de distribuição, de R$ 7,38 para R$ 6,91, e nas margens de revenda, de R$ 4,05 para R$ 3,02.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.