Preço do GNV vai cair ainda mais, afirma Dilma

A ministra de Minas e Energia, Dilma Rousseff, alertou os usineiros produtores de álcool combustível que se preparem, pois o preço do gás natural veicular (GNV) irá cair ainda mais no País com o aumento da oferta, após o início da extração da bacia descoberta em Santos no ano passado. Dilma afirmou que os empresários do setor terão de se acostumar com a concorrência do GNV com o álcool e que o governo não irá subsidiar o combustível. A ministra negou ainda que o governo dê subsídios para o GNV, que custa entre cinco e seis vezes mais barato que o gás de cozinha. Segundo ela, a extração e o processamento do GNV são diferentes das mesmas operações feitas para o gás de cozinha, por isso, segundo ela, há a diferença nos preços. Dilma está em Araçatuba para participar da Feira de Negócios da Agroindústria Sucroalcoleira (Feicana).

Agencia Estado,

10 Março 2004 | 09h45

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.