Preço do petróleo continua batendo recorde de alta

Os contratos futuros de petróleo voltaram a subir em Nova York e Londres sustentados pela alta dos preços dos futuros de gasolina e tensão renovada no Oriente Médio. Nos EUA, os contratos para junho fecharam em novo recorde, de US$ 41,55 o barril. Na Inglaterra, os contratos para julho fecharam em US$ 37,91 o barril, em alta de US$ 0,05 (+0,13%). Para o analista do BNP Paribas, Tom Bentz, os preços da gasolina somente irão ceder após três a quatro semanas consecutivas de forte crescimento dos estoques comerciais norte-americanos. Já tensão no Iraque voltou a crescer após o atentado a bomba que matou o presidente do conselho de governo do país. "Há um sentimento real de vulnerabilidade no Iraque", disse Bentz. "As pessoas estão se perguntando qual será o próximo" e se a oferta de petróleo da região poderá ser desestabilizada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.