Preço do petróleo é o maior em 13 anos

O medo de novos atentados a instalações petrolíferas no Oriente Médio, principalmente na Arábia Saudita, fez com que a cotação do petróleo disparasse nesta segunda-feira. Na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex), os contratos para junho fecharam em US$ 38,21 o barril, alta de 2,22%. Essa é a maior cotação de fechamento desde 16 de outubro de 1990, quando o petróleo ficou em US$ 38,89 o barril. Em Londres, a Bolsa Internacional de Petróleo (IPE) estava fechada por causa do feriado do Dia do Trabalho.No sábado, terroristas invadiram os escritórios da ABB-Lumus, unidade da ABB, na cidade portuária saudita de Yanbu, onde há um importante terminal de petróleo. Eles abriram fogo, matando sete pessoas que trabalhavam para uma companhia controlada pela norte-americana ExxonMobil e pela saudita Sabic.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.