Preço do petróleo para novembro volta a ultrapassar US$ 50

Os contratos de petróleo para novembro voltaram a subir acima de US$ 50 o barril em Nova York, impulsionados pela alta dos futuros de gasolina em reação a decisão da Agência de Proteção Ambiental dos EUA (Epa). A Agência rejeitou o pedido de exceção da Georgia das exigências para venda de gasolina reformulada mais limpa.A incerteza com relação ao conflito civil na Nigéria, os estoques comerciais apertados nos EUA e a lenta retomada da produção de petróleo e gás natural do Golfo do México também continuam a dar suporte aos preços, explicou Ed Silliere, trader da Energy Merchant Corp, em Nova York. Os contratos futuros de petróleo brent em Londres ganharam impulso com a alta de Nova York e também registraram novas máximas. Há pouco, em Londres, os contratos para novembro eram negociados a US$ 46,65 o barril, com alta de US$ 0,27 (+0,58%).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.