Preço do petróleo recua com notícias sobre o Iraque

Os contratos futuros do petróleo cru seguem em baixa, com investidores aproveitando informações de retomada de parte das exportações de petróleo pelo norte do Iraque para realizar lucros (veja mais informações no link abaixo). Às 12h24 (horário de Brasília), o contrato futuro de petróleo com vencimento em outubro caía US$ 0,51 (queda de 1,09%), para US$ 46,21 o barril, na bolsa Nymex em Nova York. O petróleo tipo brent cedia US$ 0,52 (queda de 1,19%), para US$ 43,02 o barril, em Londres.Na madrugada, o contrato subiu diante de preocupações com as condições de abastecimento de petróleo pelo Iraque. Com exceção de apenas um dia, o petróleo vem batendo sucessivos recordes históricos de alta desde 30 de julho. Fontes no porto turco de Ceyhan disseram que o Iraque está bombeando petróleo desde sábado, a partir de Kirkuk, no norte do país. No entanto, o oleoduto não está conduzindo petróleo ao máximo de sua capacidade, de 800 mil barris por dia.De acordo com a fonte, entre 400 mil a 450 mil barris ao dia estão chegando a Ceyhan. No sul do país, o maior dos dois principais oleodutos que levam petróleo ao Golfo Pérsico continua fechado. Há informações de que as operações serão retomadas após à meia noite local. O oleoduto está inoperante há duas semanas, por questão de segurança.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.