Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Preço do petróleo voltará a subir, diz agência de energia

Agência Internacional de Energia diz que barril pode chegar a US$ 200 até 2030.

Sarah Mukherjee, BBC

12 de novembro de 2008 | 08h36

O período recente de petróleo barato chegou ao fim, e os preços podem subir "em breve" para a faixa dos US$ 100 o barril, segundo a Agência Internacional de Energia (IEA, na sigla em inglês).Em seu relatório anual, a agência diz que os preços podem chegar a US$ 200 o barril até 2030.O risco imediato ao fornecimento do produto, segundo o órgão, não se deve à falta de reservas naturais, mas sim à falta de investimento em várias áreas.Segundo o relatório, ainda há petróleo suficiente para abastecer o mundo por mais de 40 anos nas atuais taxas de consumo.Mas a queda no nível de produção está se acelerando em cada campo de exploração, e mais dinheiro precisa ser investido em pesquisa e desenvolvimento para extrair o petróleo existente.CustosOs autores do documento prevêem que serão necessários investimentos da ordem de US$ 26 trilhões até 2030 em infra-estrutura de energia.Uma parte significativa desse montante - US$ 8,4 trilhões - deverão ser gastos na exploração e desenvolvimento de petróleo e gás.Em um cenário considerado pela IEA, a China e a Índia serão responsáveis por mais da metade da demanda mundial de energia primária entre 2006 e 2030 e por grande parte do aumento da demanda mundial de petróleo.Mas apesar da avaliação relativamente positiva em relação às reservas de petróleo e gás, o relatório alerta para as conseqüências da contínua dependência de combustíveis fósseis.Segundo a IEA, as conseqüências da falta de ação em descarbonizar a economia mundial são "chocantes"."Há uma necessidade urgente de uma ação coordenada para conter o aumento de emissões de gás de efeito estufa e o aumento nas temperaturas globais", diz o documento.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Tudo o que sabemos sobre:
internacionalenergiaagênciapetróleo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.