Preço do refrigerante sobe 4,6% no semestre, diz pesquisa da GfK

A empresa também fez um levantamento do preço dos chás e constatou que, no semestre, o preço do litro da bebida cresceu 6% ante os seis primeiros meses de 2009

Suzana Inhesta, da Agência Estado,

22 de julho de 2010 | 16h38

O preço médio dos refrigerantes nos super e hipermercados brasileiros subiu 4,6% no primeiro semestre ante o mesmo período de 2009, ao passar de R$ 2,22 para R$ 2,34 o litro. Os dados são de estudo realizado pela empresa de pesquisa GfK divulgados nesta quinta-feira, 22.

A empresa também fez um levantamento do preço dos chás. No semestre, o litro da bebida cresceu 6%, para R$ 4,02, ante os seis primeiros meses de 2009. Na comparação de valores entre o refrigerante e o chá, o chá possui preço 58% superior ao do refrigerante. Considerando os tipos de embalagens, no segmento individual, o valor do chá é 62% maior, enquanto no segmento família, a diferença é de 52%.

Tudo o que sabemos sobre:
refrigeranteschásinflaçãopreços

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.