Gabriela Biló/Estadão -26/9/2018
Gabriela Biló/Estadão -26/9/2018

Preço dos alimentos puxa inflação de 0,32% em janeiro

Nos últimos 12 meses, preços acumulam alta de 3,78%, segundo a inflação oficial medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA)

Daniela Amorim, O Estado de S.Paulo

08 de fevereiro de 2019 | 09h17

Puxada pela alta no preço dos alimentos, a inflação oficial do País, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) fechou o mês de janeiro em alta de 0,32%, apontou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em dezembro, a inflação registrada foi de 0,15%. Nos últimos 12 meses, os preços acumulam alta de 3,78%.

Segundo o IBGE, o grupo de alimentos e bebidas, que equivalem a cerca de um quarto das despesas das famílias, cresceram 0,90%. As altas mais expressivas desse grupo o foram feijão-carioca, com crescimento de 19,76%, da cebola, 10,21%, frutas, 5,45%, e carnes 0,78%. Os preços do tomate recuaram 19,46%.

O analista do IPCA, Pedro Costa, afirmou que o aumento de preço das frutas é comum no período. “No caso das frutas, é um aumento de demanda comum nos meses mais quentes do ano. A redução nos preços do tomate está relacionada à rápida maturação do produto, o que aumentou sua oferta no mercado”.

O resultado ficou abaixo da mediana das estimativas dos analistas ouvidos pelo Projeções Broadcast, calculada em 0,37%, e dentro do intervalo das expectativas, de 0,31% a 0,53%.

 

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.