Preço dos grãos cai com chuvas nos EUA

Os preços dos grãos caíram na Bolsa de Chicago, ontem, depois das chuvas nas regiões produtoras dos EUA durante o fim de semana. A virada no tempo aliviou o calor excessivo do verão americano, que ameaçava reduzir a produtividade das lavouras. O contrato novembro da soja fechou com queda de 1,18%, em US$ 13,72 por bushel. O contrato dezembro do milho cedeu 1,60%, a US$ 6,7450 por bushel. De acordo com informações da agência Dow Jones, as previsões para esta semana indicam mais chuvas nas áreas que estiveram sob estresse climático.

Ana Conceição, O Estado de S.Paulo

26 de julho de 2011 | 00h00

Apesar do melhora no tempo, consumidores de grãos continuam apreensivos quanto ao resultado da safra norte-americana, que será colhida no último trimestre do ano. Como os estoques do país estão entre os mais baixos dos últimos anos, há pouco espaço para perdas de produção.

Em Nova York, a cotação do açúcar recuou 1,91%, para 30,74 centavos de dólar por libra-peso, mas pode voltar a subir caso a União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica) mostre um atraso maior que o esperado no processamento. A entidade divulga hoje dados de moagem de cana da safra 2011/12 no Centro-Sul do Brasil, atualizados até dia 15 de julho. No acumulado até primeiro de julho, a moagem teve queda de 17,95% em relação à safra anterior. Na contramão, o café subiu 0,58%, para 242,90 centavos de dólar por libra-peso.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.