Preço maior da indústria não chegará ao consumidor, diz Fiesp

O presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo, Horácio Lafer Piva, considera difícil que os reajustes dos preços industriais, de até 20%, cheguem ao consumidor e provoquem alta da inflação.De acordo com ele, os varejistas não repassarão os preços porque ainda há espaço de negociação entre atacado e varejo, o que deverá diluir o aumento de preços no início da cadeia produtiva."Acho muito difícil que haja repasse ao consumidor. Estamos em um momento de renda reduzida e de uma massa salarial que não cresce. O mercado não absorve aumentos expressivos", afirmou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.