Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Preço médio da gasolina cai só 2,7%

Uma nova pesquisa divulgada nesta sexta-feira pela Agência Nacional do Petróleo (ANP) aponta que o preço médio da gasolina no País caiu apenas 2,7%, de R$ 2,192 para R$ 2,134, uma semana depois de a Petrobras anunciar redução de 10% (sem impostos) no preço do combustível na refinaria. A expectativa era de que o preço na bomba de combustível fosse reduzido em cerca de 5% (cerca de R$ 0,10).No meio da semana, a ANP já havia divulgado uma pesquisa que não indicava queda nos preços porque a apuração havia sido feito na semana anterior e a divulgação só não foi feita na sexta-feira como de costume, porque o feriado de 1º de maio atrapalhou a compilação dos dados.O presidente da Federação Nacional dos Revendedores de Combustíveis, Luiz Gil Siuffo Pereira, disse que a queda deverá ser verificada nas próximas semanas, já que as distribuidoras demoraram alguns dias para repassar a redução para os preços.A pesquisa aponta queda de 3,8% no preço médio do diesel, passando de R$ 1,528 o litro para R$ 1,472. A redução da Petrobras na refinaria foi de 8,6% e, segundo as distribuidoras, o repasse seria feito integralmente, o que deveria ter puxado o preço do produto para R$ 1,39.Amparado na queda da gasolina e no início de safra de cana-de-açúcar na região Centro-Sul, o álcool hidratado também apresentou queda. Na média nacional, o preço passou de R$ 1,551 o litro para R$ 1,531, queda de 1,3%. A expectativa do setor é de que o produto registre uma baixa de até 5% já no mês de maio em reflexo da entrada do pico da safra. O gás natural não sofreu alterações em seu preço, segundo a pesquisa da ANP.

Agencia Estado,

09 de maio de 2003 | 19h12

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.