Preço mínimo da Cesp deve ser definido nesta semana

Edital de privatização da companhia deve ser publicado logo em seguida

Anne Warth, da Agência Estado,

18 de fevereiro de 2008 | 18h02

O vice-governador de São Paulo, Alberto Goldman, que preside a comissão responsável pelo Programa Estadual de Desestatização (PED), disse nesta segunda-feira, 18, que o preço mínimo de venda das ações da Companhia Energética do São Paulo (Cesp) deve ser definido ainda esta semana. Ele afirmou também que o edital de privatização da companhia deve ser publicado logo em seguida.   Veja também:  Fazenda de SP venderá 78% das ações ON da CespGoldman não revelou qual é a expectativa do governo sobre o preço de venda da companhia. "Isso depende da avaliação dos ativos da Cesp, mas será definido nos próximos dias", declarou. Ele não confirmou a projeção da Secretaria Estadual da Fazenda, de R$ 5 bilhões, nem a estimativa de alguns analistas de mercado, de que a empresa poderia valer R$ 7 bilhões.O Conselho Diretor do PED aprovou, na última sexta-feira, a venda de 78,68% das ações ordinárias da Cesp detidas pela Secretaria da Fazenda de São Paulo, além da alienação de 3,34% dos papéis preferenciais classe B. Com isso, mesmo após a conclusão do processo de privatização da estatal paulista, o governo de São Paulo ainda deterá, por meio da Fazenda, 15% das ações ordinárias (ON, com direito a voto) da geradora.    

Tudo o que sabemos sobre:
Cesp

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.